Saiba mais sobre o COVID-19, principais notícias, números, métodos de prevenção e muito mais. Clique aqui...

79 3044-9011
99973-8688 / 99192-4313
 
 
 WhatsApp
 Imprimir


Política
EM SOCORRO, VEREADORES DE 3 PARTIDOS PODEM NÃO SER DIPLOMADOS
17/12/2020 às 12:06 por Sandra Dantas

 

3 partidos (PP, PSB e AVANTE) ligados ao prefeito reeleito de Nossa Senhora do Socorro Padre Inaldo (PP), podem ter todos os votos anulados.

Correm na Justiça Eleitoral ações judiciais alegando que existiram supostas candidatas “laranjas”.

A ação questiona a quantidade de votos obtidos por algumas candidatas.

No PP, três das candidatas tiveram 0, 1 e 3 votos, caracterizando, segundo a ação, que houve burla ao percentual mínimo de 30% de mulheres para montar uma chapa proporcional.

No AVANTE a situação é mais grave, de acordo com ação, o partido não atingiu o mínimo de 30% do percentual mínimo de candidatas mulheres e ainda uma de suas candidatas teve o registro indeferido e nem mesmo ela votou em si mesma, caracterizando candidatura laranja.

Os candidatos eleitos dos dois partidos podem não serem diplomados nesta sexta, caso o juiz acate os pedidos constantes na ação judicial.

O PSB com 22 candidatos ao total e tendo apenas 6 mulheres no partido não bate os 30% de gênero (cotas feminina) dentro da lei LEI Nº 9.504.

Foram apenas 6 candidatas mulheres e 16 homens no partido PSB e dentro das 6 mulheres tem *candidatas Fake* com 0 votos com o nome *vivi da juventude*.

Assim não respeitando a cláusula de gênero o partido PSB não poderá ter seus votos contabilizados.

Vereadores de Nossa Senhora do Socorro podem não ser diplomados.

Dois partidos (PP e AVANTE) ligados ao prefeito reeleito de Nossa Senhora do Socorro podem ter todos os votos anulados.

Corre na justiça eleitoral duas ações judiciais alegando que existiram supostas candidatas “laranjas”.

A ação questiona a quantidade de votos obtidos por algumas candidatas.

No partido progressista, três das candidatas tiveram 0, 1 e 3 votos, caracterizando, segundo a ação que houve burla do percentual mínimo de 30% de mulheres para montar uma chapa proporcional.

No Partido AVANTE a situação é mais grave, de acordo com ação o partido não atingiu o mínimo de 30% do percentual mínimo de candidatas mulheres e ainda uma de suas candidatas teve o registro indeferido e nem mesmo ela votou em si mesma, caracterizando candidatura laranja, segundo consta na ação judicial.

Os candidatos eleitos dos dois partidos podem não serem diplomados nesta sexta, caso o juiz acate os pedidos constantes na ação judicial.

Partido PSB com 22 candidatos ao total e tendo apenas 6 mulheres no partido não bate os 30% de gênero (cotas feminina) dentro da lei LEI Nº 9.504.

Foram apenas 6 candidatas mulheres e 16 homens no partido PSB e dentro das 6 mulheres tem *candidatas Fake* com 0 votos com o nome *vivi da juventude*.

Não respeitando a cota de gênero o PSB pode não ter seus votos contabilizados

FONTE : NE Notícias

MAIS NOTÍCIAS