Saiba mais sobre o COVID-19, principais notícias, números, métodos de prevenção e muito mais. Clique aqui...

79 3044-9011
99973-8688 / 99192-4313
 
 
 WhatsApp
 Imprimir


Polícia
IDENTIFICADOS OS CORPOS DOS TRAFICANTES MORTOS EM CONFRONTO COM O DENARC
17/07/2021 às 08:10 por Jailton Santana

Segundo a Polícia Civil, eles seriam integrantes de facção ligada ao tráfico 

Os corpos dos cinco homens que morreram durante confronto com equipes do DENARC e Unidades da Polícia Militar, foram identificados na noite de ontem no Instituto Médico Legal em Aracaju,  Fabrício Ferreira dos Santos (24), Frank Wilis dos Santos (25), José Wesley do Nascimento (36), André Rosa dos Santos (36) e proveniente de Propriá, Jagnes Lua Moreira Santos (32)

A operação policial atuou em Aracaju, Barra dos Coqueiros, Socorro e Propriá. 

A investigação durou cerca de três meses e contou com apoio essencial de unidades especializadas da Polícia Civil e Polícia Militar em São Cristóvão e Barra dos Coqueiros, o que possibilitou a qualificação e localização de diversos suspeitos.

Assim, a operação “Loftus” foi desencadeada para expôr toda a estrutura da organização criminosa,  com elementos probatórios  contra investigados socialmente bem relacionados e donos de empresas e negócios aparentemente lícitos.

Apenas as investigações técnicas e profissionais poderiam desvendar a atuação criminosa com negócios de fachada e ações violentas. Parte das buscas foi realizada em uma autoescola na avenida principal da Barra dos Coqueiros. O proprietário foi preso em flagrante, com drogas.

As investigações descobriram que ele e um funcionário falsificavam Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) para integrantes da organização criminosa a fim de que eles possam fugir da persecução penal, usando nomes falsos para não serem presos por seus mandados de prisão em abertos

 Na operação, oito suspeitos foram presos .  A ação policial resultou na apreensão de sete tabletes de cocaína, maconha, uma prensa, munições, balanças de precisão e seis armas de fogo, incluindo revólveres, pistolas e espingarda. 

 

MAIS NOTÍCIAS